PORTEFÓLIO

TEATRO & ESPETÁCULOS

Auscus

A CRIAÇÃO

Numa das intervenções arqueológicas na Citânia promovidas pela Sociedade Martins Sarmento, foi estudada uma habitação familiar tendo-se concluído que a sua utilização se terá situado no período de entre finais do séc. I a.C. e o séc. I d.C.

No decorrer daqueles trabalhos, identificou-se uma inscrição que se admite corresponda ao nome do que terá sido um proprietário da casa: Ausci (genitivo do nome local, romanizado, Auscus, o qual, numa forma adaptada, poderá traduzir-se por “de (ou pertencente a) Ausco”).

Esse foi o mote para a construção do espetáculo do mesmo nome e, em colaboração com um grupo harmonioso de intérpretes profissionais, amadores e voluntários da comunidade dirigi e encenei um episódio evocativo das vivências de um citaniense e do ambiente mulifacetado em que se moveu.

A produção foi inserida na 13ª edição do evento de recriação histórica Citânia Viva, que ocorreu nos dias 27 e 28 de Julho de 2018.

FICHA TÉCNICA

  • ELENCO PRINCIPAL: Tiago Guimarães, Zacarias Gomes, Marcela Fernandes, Elvira Oliveira
  • ELENCO ADICIONAL: Pedro Ferreira, Elsa Alexandra, Filipa Silva, Sofia Lopes, Filipa Gomes, Esperança Silva, Rosa Martins, Vítor Abreu, Maria Emília Abreu, Pureza Silva, Josefina Araújo, Emília Marques, Margarida Ribeiro, Elsa Azevedo, Adelaide Pereira, Luísa Ribeiro, Conceição Vieira, Marta Vieira, Andreia Dias, Celeste Pinto, Bárbara Duarte, Eduarda Lopes, Cacilda Ramos, Casimiro Silva e Duarte Lopes
  • PRODUÇÃO EXECUTIVA: Daniela Cardoso
  • DIREÇÃO CIENTÍFICA: Gonçalo Cruz.
  • GÉNERO: Dramatização Histórica / Fantástico
  • DURAÇÃO: 80 minutos

  • ANO DE PRODUÇÃO

    2018

  • ESTREIA:

    Citânia de Briteiros

  • CLIENTE:

    Sociedade Martins Sarmento / Casa do Povo de Briteiros IPSS

  • MECENAS:

    Município de Guimarães / Junta da União das Freguesias de Briteiros São Salvador e Santa Leocádia.