PORTEFÓLIO

TEATRO & ESPETÁCULOS

Para O Comboio da Meia-Noite

A CRIAÇÃO

PARA O COMBOIO DA MEIA-NOITE é um espetáculo que apresenta extratos da obra “Dialogos de Refugiados” de Bertolt Brecht. Obra pouco conhecida, escrita durante a II Guerra Mundial e que apenas se encontra disponível em duas línguas.

Trabalhei extratos dessa obra numa dramaturgia onde se diluiram cartas de refugiados atuais, destilando um paralelismo arrepiante entre o ambiente político e sociocultural descrito por Brecht e o atual.

SINOPSE

Uma estação ferroviária. Formas. Sons…
Todo um universo sonoplástico preenche o espaço das sombras; que acorda o silêncio; que lhe dá voz.

Na plataforma, um sujo e um limpo. Um operário e um cientista.
Todos esperam o comboio da meia-noite.
Na conversa casual, se incendeiam sensibilidades. E aquela massa de gente acumula-se… E sempre o cientista naquela estação. E sempre o estranho ali sentado.

Da amizade desinteressada, relatos de vida e luta vão-se tornando mais críticos e mais audíveis. E o comboio da meia-noite não chega. Aliás, nenhum outro chegará enquanto o “problema” não terminar.

FICHA TÉCNICA

  • COM: Tiago Guimarães
  • GÉNERO: Drama
  • DURAÇÃO: 55 minutos
  • ESTREIA: Pequeno Auditório – Centro Cultural Vila-Flor (Guimarães)

  • ANO DE PRODUÇÃO

    2017

  • COMPANHIA/ASSOCIAÇÃO:

    Citânia - Associação Juvenil

  • MECENAS:

    A Oficina - Centro de Artes e Mesteres Tradicionais de Guimarães Ciprl